• Taís Fagundes

3 coisas que aprendi com a cultura alemã

Vem saber mais sobre aspectos da cultura alemã!


1) Está tudo bem ser direto

O brasileiro tem a tendência de fazer rodeios para não chatear alguém. Responde perguntas com frases lisas para expressar que não está com vontade de ir ou fazer algo. Fica no ar o "talvez" ou o famoso "vamos ver". Para o alemão, é normal ir direto ao ponto e manifestar um feedback sincero. Se quero, vou e faço; se não, manifesto minha vontade de forma direta.

2) Fazer perguntas

No contexto histórico e social do Brasil, você enquanto brasileiro foi incentivado de forma intensa a questionar os porquês de as coisas serem como são?

Na cultura alemã, é natural questionar. E se você não estiver acostumado a isso (como a maior parte dos brasileiros), pode sentir incômodo. O bom da transparência desta cultura é que a informação chega direta, ou seja, se tem algo para falar, não envia recado por terceiros. Fala de um para um e não deixa situações mal-entendidas. No ambiente profissional, também há oportunidade de evoluir com os feedbacks.

3) Dizer NÃO

O alemão é objetivo, direto e sincero. Essa máxima é aplicada na hora de dizer NÃO. Sem medo de passar vergonha ou situação do gênero, é comum manifestar facilmente as intenções. No trabalho, está tudo bem dizer NÃO às tarefas adicionais que você vê que não conseguirá absorver devido à sobrecarga.