• Taís Fagundes

Apresentar é contar histórias

Histórias conectam.

Histórias aproximam.

Histórias ensinam.

Senta que lá vem história!


Sabe aquela reunião/palestra/curso que a pessoa abre o PPT e fica lendo?

Não há nada mais chato que uma pessoa que não conhece a sua própria história (pois se é a sua apresentação é pressuposto que você domine o conteúdo).

E nesse momento, quem assiste fica confuso: presto atenção no apresentador, que está olhando para o slide e de costas para mim, ou no PPT cheio de texto.

Isso resulta em uma apresentação sem conexão emissor e receptor.

E a leitura de feedback (linguagem corporal) fica quase impossível.


Já viu um comediante lendo uma piada do script?

A dica é certeira: não leia o slide.


O PPT É SÓ UM GUIA.

A HISTÓRIA ESTÁ EM VOCÊ.

E VOCÊ É ÚNICO.

LOGO, SUA HISTÓRIA É ÚNICA.


Opte pela simplicidade.

Frase clichê como menos é mais é deveras verdadeira.

Mais imagem, menos texto.

Abuse dos slides (eles são de graça!).


Como contar sua história?

>> Tenha um objetivo claro;

>> Crie um roteiro;

>> Desenhe/Articule sua narrativa.


Nesse contexto, surge o STORYTELLING.

A arte de contar histórias usando técnicas inspiradas em roteiristas e escritores para transmitir uma mensagem de forma inesquecível.


Falando em histórias...

Assista este vídeo que narra a história da Nica com a marca Rissul.

Inspire-se:



© 2020 by Taís Fagundes